Fale Conosco
:: Quarta-feira, 25 de Abril de 2018
A A A









Valid XHTML 1.0 Strict  CSS válido!

Notícias

Natal sedia 2° Workshop Latino Americano do EUROCLIMA

Terça-feira, 23 de Outubro de 2012

De 22 a 25 de outubro de 2012, o 2° Workshop Latino Americano do EUROCLIMA sobre Desertificação, Degradação das Terras e Seca na América Latina ( Desertification Land Degradation

and Drought (DLDD) será realizado no Centro Regional do Nordeste, INPE/CRN, Natal. Brasil.
Esta reunião servirá como uma plataforma de capacitação para formação de redes regionais e troca de experiência sobre a degradação da terra e desertificação na América Latina. O objetivo é aproximar a investigação científica e a aplicação prática de metodologias para monitorar e mitigar os problemas da DLDD na região.

O encontro está dividido em 2 atividades:

1) No período de 22-23 de outubro de 2012, um curso prático em TerraMA2, http://www.dpi.inpe.br/terrama2/ que é uma plataforma computacional "open source" para qualquer usuário interessado em desenvolver o seu próprio sistema operacional de riscos ambientais (ver mais informação sobre o TerraMA2 . Este curso será realizado com o apoio do EUROCLIMA e em cooperação com o Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites (LAPIS), uma unidade de investigação e desenvolvimento integrada no Instituto de Ciências Atmosféricas (ICAT) da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) - http://lapismet.com/ .

2) nos dias 24 e 25 será realizado o Segundo Workshop EUROCLIMA sobre Desertificação, Degradação das Terras e Seca na América Latina, com apresentação de palestras e discussões sobre dados e produtos necessários para melhorar o conhecimentosobre a degradação da terra e a desertificação. O sistema de Informação DLDD Euroclima é um protótipo de servdor de mapas baseado na Web

Organizadores
Paulo Barbosa ( CE,CCI, Itália)
Neusa Paes Leme ( INPE / CRN, Brasil )
Humberto Barbosa ( LAPIS / UFAL, Brasil )


Divulgado edital do concurso para pesquisador do INPE

Terça-feira, 29 de Maio de 2012

O edital do concurso público para contratação de 17 pesquisadores para o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) foi publicado nesta terça-feira (29/5) no Diário Oficial da União. Confira aqui.

As inscrições estarão abertas de 2 a 31 de julho (exceto sábados, domingos e feriados), das 10 às 16 horas, nas unidades do INPE de São José dos Campos, Cachoeira Paulista, Natal e Belém, independentemente do local onde o candidato realizará as provas.

O concurso terá prova escrita, oral e análise de títulos e currículo. A fase escrita está prevista para 27 e 28 de agosto, exclusivamente nas localidades para as quais as vagas estão destinadas. A data exata da prova será confirmada no site do INPE: www.inpe.br.

Especialidades

Há uma vaga para atuação em São José dos Campos para cada especialidade a seguir relacionada: Clima Espacial, Eletricidade Atmosférica, Aeronomia, Sensoriamento Remoto, Sol-Meio Interplanetário-Magnetosfera, Engenharia de Software-Computação Científica, Tecnologia de Plasmas, Cerâmicos, Eletromagnetismo Aplicado e Processamento Digital de Imagens-Sistemas de Informações Geográficas.

Para atuação em Cachoeira Paulista, existem vagas em Propulsão Espacial e Hidrologia, sendo uma para cada especialidade, e três em Ciências Atmosféricas.

Também há uma vaga em Sensoriamento Remoto destinada ao centro regional de Belém e outra, em Telecomunicações, para Natal.

Informações sobre as vagas, remuneração, requisitos para concorrer aos cargos e o conteúdo programático, bem como todas as normas e cronograma, estão disponíveis no edital do concurso.


Natal sedia simpósio internacional em mudanças climáticas

De 27 de maio a 1º de junho, em Natal (RN), os impactos e vulnerabilidades do Nordeste às mudanças climáticas são discutidos durante simpósio internacional promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Climáticas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) em parceria com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

O simpósio reúne cientistas e alunos de pós-graduação das instituições participantes e da comunidade científica em geral, contribuindo com o ensino e a realização de pesquisas, bem como incentivando parcerias institucionais e a cooperação internacional com enfoque na formação de recursos humanos no Brasil em Ciências Climáticas.

Segundo os organizadores, espera-se gerar um ambiente de discussões visando um maior amadurecimento dos estudos sobre os possíveis impactos das mudanças climáticas para adaptação, vulnerabilidade e mitigação.

“Serão debatidas as principais questões emergentes da relação entre o ambiente e a saúde por meio de mesas redondas, painéis e apresentações de conferencistas de renome nacional e internacional”, conta Neusa Paes Leme, pesquisadora do Centro Regional do Nordeste do INPE, sediado em Natal.

O evento compreenderá cinco temas: Ocean-Atmosphere Interaction; Extreme Events and the Coastal, Tropical, Semi-Arid Regions; Observing the Atmosphere and the Ocean: in situ & satellite techniques; Climate Modelling; e Environmental and Social Mitigation Measures and Adaptation.

O 1st International Symposium on Climate Change, Impacts and vulnerabilities in Brazil: Preparing the Brasilian Northeast for the future (CCIV2012) também conta com a parceria do Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq) e o patrocínio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

Mais informações na página http://www.ccet.ufrn.br/cciv2012/


No período de 21/11/2011 a 25/11/2011 será realizado no Centro Regional Nordeste do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE/CRN), em Natal/RN, um treinamento em STK (Satellite Tool Kit).

Este curso é parte das atividades previstas no Projeto “Estudo de uma missão espacial para coleta de dados ambientais baseada em nano satélites - CONASAT” que foi aprovado no edital AEB/MCT/CNPq Nº 033/2010 destinado a formação, fixação, capacitação de recursos humanos e agregação de especialistas, que contribuam para o ensino e a execução dos projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológicos, associados aos projetos estratégicos do Programa Nacional de Atividades Espaciais – PNAE.

O objetivo principal do projeto CONASAT é conceber uma solução para o Sistema Brasileiro de Coleta de Dados Ambientais – SBCD, baseada no uso de nano satélites (satélites de 1 a 10 kg) e em tecnologias emergentes nos ramos da eletrônica e de telecomunicações.

Este projeto está permitindo a capacitação de recursos humanos e a agregação de especialistas no Centro Regional do Nordeste – CRN do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE com o objetivo de definir uma missão espacial em todos os seus ciclos de vida e em conformidade com os padrões internacionais aplicados à área espacial para uma missão espacial de coleta de dados ambientais.

Participam do curso, profissionais do INPE, do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), do Laboratório de Sistemas Integráveis da Universidade de São Pulo (LSI/USP), da MECTRON e da ATECH.

O STK é um software da empresa americana Analytical Graphics Inc (AGI) que é utilizado na análise e na operação de missões espaciais e de defesa.




No período de 20 e 21 de julho do corrente ano realizar-se-á em Natal/RN o I FÓRUM DE PESQUISA, DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO DO INPE/CRN, com o objetivo de apresentar o status dos projetos em desenvolvimento no INPE-CRN, aprovados no Edital AEB/MCT/CNPq Nº 033/2010. O evento permitirá a discussão e troca de conhecimentos, bem como a interação entre pesquisadores, alunos, colaboradores e professores. Na oportunidade, também acontecerá a Revisão Fase 0 - Mission Definition Review do Projeto: Estudo de Uma Missão Espacial para Coleta de Dados Ambientais Baseada em Nano Satélites. O fórum contará com a participação de servidores do INPE São José dos Campos, que contribuirão com as suas experiências, no sentido de amadurecimento dos estudos.


Links Relacionados